Freelancer: tudo que você precisa saber para ser um

Freelancer, ou freela, é um profissional liberal que trabalha de forma autônoma, prestando serviços para pessoas ou empresas por determinados períodos de tempo. Favorecido por questões tributárias, tem a facilidade de conseguir trabalhos no mundo digital.

 

A palavra frelance é muito antiga, existe desde o sec XIX e a origem do termo é geralmente atribuída a Sir Walter Scott, que a usou no livro Ivanhoé lá em 1819, em um trecho em que um dos personagens oferece o seu serviço de “lanceiros livres”, cujo termo original em inglês é “free lances”.

 

Muito popularizado nos dias de hoje, o freelancer é um profissional que trabalha por conta própria, em vez dos lanceiros da idade média. Atualmente existem profissionais de várias áreas como designers, redatores, fotógrafos, jornalistas, músicos, pintores, etc.. Tornou-se uma excelente opção para quem está com dificuldade para encontrar um emprego e quer se recolocar no mercado, seja por vontade de mudar de área ou por conta da crise.

 

Você sabe o que é preciso para ser um freelancer?

 

Bom, em primeiro lugar é fundamental ser uma pessoa muito organizada, pois como autônomo, você será responsável por tudo o que se relaciona a sua vida profissional, desde prazos de tarefas a cumprir, comunicação com os clientes, precificação dos seus serviços, pagamentos em dia, enfim, tudo que for necessário para garantir o seu sucesso profissional.

 

A disciplina será crucial para que você mantenha tudo organizado sem se perder e prejudicar a sua imagem no mercado. A probabilidade de um freelancer sem disciplina se distrair durante o dia e ter que trabalhar madrugada adentro pode prejudicar os resultados do se trabalho e a sua saúde também! Ah, e lembre-se que você não tem um chefe para te perguntar se está tudo em dia!

 

Mais um ponto importante para quem deseja se aventurar como profissional autônomo é ter uma grande lista de contatos. Isso aumenta bastante as suas chances de conseguir trabalhos interessantes.

 

Como esse tipo de trabalho está crescendo a cada dia, estão surgindo plataformas que facilitam a vida dos freelancers, conectando-os com potenciais clientes.

 

Dependendo da área de atuação, o freelancer não precisa ter graduação completa, portanto é perfeitamente possível prestar serviços, como no caso de fotografia, design e programação.

 

Já outros campos de atuação como engenharia e contabilidade exigem sim diploma para que o profissional possa atuar.

 

Uma ótima maneira de contornar algumas dificuldades caso você esteja se lançando nesse mercado em uma área distinta da que você se graduou é montar um bom portfólio. Esse documento é uma seleção dos seus melhores trabalhos e pode ser enviado a vários clientes para convencê-los das suas habilidades e funcionando melhor que um currículo.

 

Agora, é importante saber também que a vida de freelancer é marcada por instabilidades financeiras. Assim como é possível tirar um dinheiro extra se a demanda for alta, também é possível que em um determinado momento não apareçam muitas oportunidades e o dinheiro fique bem mais curto.  Portanto, para de dedicar a uma carreira de autônomo, você precisa estar confortável com essa incerteza e manter uma boa organização financeira para não passar apertos desnecessários nesses momentos.

 

Outro ponto negativo é que, como autônomo, você não terá direito a uma série de coisas que são garantidas para quem tem a CLT, como o 13° salário, folgas remuneradas e FGTS.

 

Mais uma vez aqui, a organização é primordial para ser capaz de tirar férias sem passar por dificuldades ou para não precisar se preocupar com a falta de dinheiro se ficar doente e incapacitado de trabalhar por alguns dias. Com renda mensal variável e sem apoio do seu empregador caso fique doente ou tenha que se ausentar por alguns dias, é o seu planejamento financeiro que vai te manter tranquilo nos períodos de vacas magras.

 

O segredo para um bom planejamento é ter consciência de quanto dinheiro você tem, quanto vai receber e quanto e como está gastando. Essas informações são a base para qualquer decisão envolvendo suas finanças e por isso mesmo, você deve começar o seu planejamento anotando todas as suas fontes de renda e seus gastos, categorizando-os conforme o tipo de despesa.

 

E aí, já se sente pronto para se lançar neste mercado?

 

Bom, se estiver mesmo, não deixe de pesquisar as várias plataformas que existem hoje nesse mercado de freelancer para te ajudarem a se conectar com potenciais clientes!

 

Compartilhe!

FAQ

O Radar é um mapa que aparece para o contratante no momento da busca do candidato. Ele contém a geolocalização dos candidatos encontrados através da busca e das #hashtags.
Não!
Não. Estar no radar significa que o candidato está disponível para fazer uma entrevista de trabalho, enquanto que ao desativá-lo ele não aparecerá nos resultados de busca mas manterá todas as suas informações armazenadas para próximas oportunidades.
Sim, seus dados ficarão armazenados por 6 meses após desativação de sua conta.
Não. Somente o CPF do candidato poderá ser utilizado.
Não é possível criar a conta Rhapidus sem CPF.
Sim. Seu vídeo currículo estará disponível para todos os interessados em seu perfil, e será mostrado no momento da busca pelo contratante no Radar de Empregos.
Você pode acessar em seu Estado a página da Secretaria de Segurança Publica. Para São Paulo por exemplo seria: http://www.ssp.sp.gov.br/servicos/atestado.aspx
Não! Nós da Rhapidus somos diferentes das outras plataformas de empregabilidade!
Na página de seu perfil você poderá editar todos os dados do seu perfil.
Sim. Na página de seu perfil você poderá editá-los quando e quantas vezes quiser.
Não, a geolocalização disponibilizada para os contratantes é aproximada, somente para determinar a proximidade da residência do candidato diante do local de contratação.
Sim. Se no momento de seu cadastro profissional esses cursos e faculdades foram inseridos, o contratante a qualquer tempo poderá solicitá-los.
Não, apenas maiores de 18 anos podem usar a plataforma.
As palavras chave ou #hashtags são as suas melhores virtudes ou habilidades específicas. No caso de um confeiteiro por exemplo, o candidato poderia inserir #pãodequeijo #bolodechocolate #croissant #festadeaniversario #SENAC
Sim. Na tela do seu perfil, lado superior direito há um ícone em formato de lupa para essa função.
Na página inicial, clique em "esqueci minha senha".
Na página de seu perfil você poderá editar seu novo endereço.
Sim, rhapidus@contato.com
Não, sem problemas. Mas o contratante pode não mais tentar contata-lo. O ideal é sempre desligar o radar quando estiver indisponível.
Esse campo é destinado a atividades relacionadas às suas habilidades específicas, vídeos de seu trabalho (uma palestra por exemplo), depoimentos de pessoas, testemunhos de suas habilidades, antigos contratantes falando sobre você...
Sim, em sua tela de perfil desative o modo Radar.
Sim, este vídeo é opcional. Porém suas chances de contratação diminuem muito, pois o contratante não terá acesso ao seu vídeo-currículo no momento da análise de candidatos.
Sim! É muito importante para nós sabermos que você foi contratado!
Não, o app precisa estar online para funcionar. Prepare-se para a entrevista! Você já sabe antecipadamente o dia e horário de sua entrevista. Mesmo assim, a Rhapidus irá lhe avisar 15 minutos, e também 1 minuto antes do início da chamada pelo contratante.
Mas, não havendo sinal, não haverá a entrevista.
Não há campo para pretensão salarial. A Rhapidus decidiu por não pedir sua pretensão salarial pois em muitos casos, por alguns Reais a mais, o candidato não é encontrado pelo contratante no momento da busca. Aproveite o momento da vídeo entrevista para negociar seu salário!

Alameda Lorena, 1611 – conjunto 12 – Jardim Paulista – São Paulo – SP – 01424-002

contato@rhapidus.com